Acesse os arquivos selecionados à temática por Toponimia.org

As línguas, assim como os nomes, contribuem para a consecução de todas as Metas de Desenvolvimento do Milênio, declarou a representante da UNESCO, em especial a Meta Nº7, sustentabilidade ambiental, pois transmitem conhecimentos locais e tradicionais e promovem a diversidade cultural e o diálogo multilíngüe. “Os nomes geográficos são um importante elemento do patrimônio lingüístico e das tradições orais; mas eles podem muitas vezes ter relação com outras áreas do patrimônio imaterial, como artes populares (música, dança e teatro tradicionais), práticas sociais, rituais e eventos festivos, artesanato regional, além de conhecimento e das práticas ligadas à natureza e ao universo. Mais que isso, as diferentes funções socioculturais dos nomes geográficos são intimamente ligadas e interdependentes”, disse a representante da UNESCO, exortando os países a buscarem consolidar o papel da cultura em suas estratégias de desenvolvimento.